Thaís Carla ganha processo contra nutricionista após sofrer gordofobia; “internet não é terra de ninguém”

Crédito da Foto: reprodução/Instagram

A dançarina e influenciadora digital Thaís Carla ganhou um processo contra uma nutricionista baiana, após ter uma foto compartilhada pela profissional sem autorização, com um “x” na boca. O juiz Raimundo Cesar Ferreira da Costa, da 8ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais de Causas Comuns, decidiu que a ré deve pagar R$ 5 mil a Thaís. A sentença foi divulgada no último domingo (3/11), no perfil de Thaís no Instagram.

“Eu processei a nutricionista porque ela usou minha imagem indevidamente. Ela pegou a minha foto e foi super gordofóbica. Falou um monte de coisa. Disse que eu faço um desserviço para a sociedade. Foi um ataque mesmo sobre a minha pessoa”, explicou a dançarina em vídeos publicados no Instagram. O caso foi considerado como gordofobia pelo juíz responsável. A decisão ainda cabe recurso por parte da nutricionista, de identidade protegida por sigilo judicial.

“Fiquei muito feliz com esse reconhecimento. É muito bom a Justiça entender que os danos vão além da não-autorização do uso de imagem, mas também envolvem todo o meu trabalho. Fiz isso não só por mim. Espero que isso inspire não só pessoas gordas que são vítimas de postagens pejorativas, mas também outras vítimas de ódio e invisibilização na internet. Internet não é terra de ninguém. Tudo tem consequências. Não devemos sofrer caladas! Denunciemos o ódio. Não se calem.”, comemorou Thaís ao anunciar a decisão na rede social.