Luiz Bacci é duramente criticado após morte de suspeito que teve foto exibida no Cidade Alerta

tv prime

(Foto: Reprodução/Instagram)

O jornalista Luiz Bacci está sendo muito criticado nas redes sociais depois de uma grande polêmica envolvendo o Cidade Alerta. De acordo com o colunista do UOL, Mauricio Stycer, um homem que foi apontado como suspeito do Caso Priscila e teve sua foto exibida no jornalístico da Record TV foi assassinado com sete tiros.

O caso foi exibido no Cidade Alerta desta segunda-feira (13). Durante o programa, Bacci afirmou que a polícia tinha um suspeito de ter matado a jovem Priscila Martins, de 18 anos. Segundo o apresentador do programa da Record TV, o homem ainda não havia sido detido. Em seguida, foi exibida uma foto dele com o rosto borrado.

O homem foi morto por várias pessoas na cidade de Salto, interior de São Paulo. Ele levou sete tiros e não resistiu aos ferimentos. Em nota enviada a Stycer, a Record TV. “O ‘Cidade Alerta’ tinha as informações sobre o nome e a foto do suspeito. Entre amigos, familiares, testemunhas e moradores da região de Salto, todos já sabiam quem era”, informou em nota.
No Twitter, diversos internautas estão criticando Bacci, apesar de o apresentador ter pedido às pessoas que assistiam ao programa que não fizessem justiça com as próprias mãos não. “Em Portugal esse tipo de programa foi proibido, entre outras razões, por situações similares a essa”, escreveu um internauta.
“Esses programas policiais tinham que ter classificação indicativa e horário para serem transmitidos, senão extintos”, postou mais um internauta. “Alguém tem que parar esse sujeito e esse programa”, comentou mais um.