Cinco anos após separação, Joelma e Ximbinha ainda não dividiram os R$ 70 milhões de bens

Bocão News

(Foto: reprodução/Instagram)

Em 2015, a separação de Joelma e Ximbinha, após 18 anos de casados, se tornou um dos assuntos mais noticiados na internet. Apesar de terem assinado os papéis na 10ª Vara da Família, que fica no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, região central do Recife, oficializando o divórcio, o elo entre o ex-casal ainda não foi totalmente encerrado.

Segundo informações divulgadas pelo colunista Leo Dias, do jornal O Dia, mesmo depois de cinco anos, eles ainda não conseguiram dividir os R$ 70 milhões em bens que possuem. De acordo com a publicação, Joelma e Ximbinha são donos de uma série de investimentos no Pará, em Pernambuco e em São Paulo, entre imóveis, a sede do escritório artístico e bens como carros e ônibus.

Entre os bens, está uma mansão que a cantora mora atualmente, em que precisou chegar a um acordo com o ex para ocupar, já que o imóvel pertence aos dois. Antes, com os bens presos, já que o processo de partilha ainda corre em juízo, Joelma precisou alugar uma casa em Goiânia.

Em contato com o colunista, a assessoria da cantora informou que que a divisão de bens tinha previsão para chegar ao fim entre fevereiro e março deste ano. Mas, com início da pandemia, tudo ficou mas lento, impossibilitando a resolução do caso. Agora, o processo voltou a caminhar novamente e espera-se que tudo seja concluído até novembro.