Cantora Perlla nega que esteja se prostituindo após fotos e vídeos íntimos aparecerem em App suspeito de pornografia

Bocão News

(Foto: Reprodução/Instagram)

Acantora Perlla negou que estaria trabalhando com pornografia em um aplicativo sexual. De acordo com o colunista Leo Dias, o Bigo Live é suspeito de gerar conteúdos pornograficos e, teria chegando em suas mãos, fotos e vídeos da cantora fazendo posições provocantes. “A cantora aparece de lingerie mostrando os mamilos, rebola de forma provocante para a câmera evidenciando o bumbum coberto apenas por uma calcinha fio dental e dança vestindo nada mais do que uma meia-calça arrastão e mini-saia“, falou.

Perlla nega as acusações e explica “Eu não iria arriscar minha carreira de 16 anos assim. São jogos e lives saudáveis, a gente ganha pelo carisma. É proibido qualquer tipo de apelo sexual”. Ela ainda reitera afirmando que criou o Perlla Agency para empresariar pessoas que trabalham no aplicativo. “Tenho mais de 180 pessoas na minha agência. A China precisa de representantes legais que tenham bastante influência”, comentou.