CELEBRIDADES A novidade sobre o goleiro Bruno Fernandes que vem da Justiça

tv prime

(Foto: Reprodução/Instagram)

O goleiro Bruno Fernandes ficou conhecido no Brasil inteiro não apenas pelo futebol, como também pelas páginas policiais. Ex-atleta do Flamengo, do Rio de Janeiro, Bruno Fernandes acabou se complicando após a morte da sua ex-amante, Eliza Samúdio, ter repercussão nacional. Hoje, ele que foi condenado a mais de 20 anos pelo crime, tenta recomeçar a carreira no futebol.

O ex-goleiro do Flamengo exerce função no Rio Branco, do Acre, mas pode ter problemas sérios até mesmo no campo esportivo, após uma decisão da justiça, assinada pelo juiz da Vara de Execuções Penais do Ministério Público, Hugo Torquato. O promotor quer que Bruno Fernandes use uma tornozeleira eletrônica nos treinamentos e jogos.

Esse uso deve ser feito de forma ininterrupta. Para a decisão, o promotor lembra que todos os presos no regime que está Bruno Fernandes fazem o uso desse equipamento eletrônico.Em entrevista ao portal de notícias G1, em matéria publicada nesta segunda-feira, 7 de setembro, o promotor falou sobre sua decisão e chegou a citar um caso parecido que envolveu um atleta da Escócia, no campeonato daquele país. O esportista acabou entrando em campo com a tornozeleira eletrônica

“Os reeducandos no regime semiaberto no Acre usam tornozeleira eletrônica. Outros estados não sei, alguns usam e outros não, mas aí vai de cada estado. No Acre usa. Não poderia ser diferente dele, porque ele não é melhor que ninguém, não é porque ele é famoso que não vai colocar”, disse o promotor ao falar sobre o assunto, que teve grande repercussão.