O prefeito de salvador ACM Neto afirma que o carnaval está suspenso

correio da Bahia

por correio da Bahia

Nesta sexta-feira (27), o prefeito de Salvador ACM Neto anunciou, que o Carnaval está suspenso por conta da pandemia do Covid-19 e não vai ser em fevereiro.

“Trabalhei no limite do prazo para tomada dessa decisão”, afirmou Neto. “E ele pode acontecer em outro momento? Tudo vai depender da vacina”, afirmou o prefeito. Ele disse que a possibilidade do Carnaval acontecer em 2021 está condicionada à existência de uma vacina acessível a todos. “Não há data nesse momento prevista. Não há prazo previsto”.

De acordo com Neto, todos os principais prefeitos das cidades carnavalescas confirma que com a vacina poderemos pensar em uma data.

“Agora, nem eu, nem Bruno (Reis, prefeito eleito), nem ninguém, pode estabelecer uma data. Porque essa data dependerá da vacina. Não está claro para ninguém quando vamos ter essa vacina. Quando essa vacina vai ser colocada no bracinho de todos os brasileiros. E ninguém é louco de prever o Carnaval sem a segurança de uma vacina que imunize toda população”, destacou.

Ele disse que esperou até o final de novembro para saber se teríamos alguma ideia do prazo para a vacina. “Ninguém será irresponsável de marcar uma data para o Carnaval sem ter essa clareza”, repetiu. “Não teremos Carnaval em fevereiro. Qualquer outra coisa é especulação, é boato”.

Neto chamou de “duro golpe” para Salvador a notícia da suspensão do Carnaval. “Toda uma cadeia produtiva existe por causa dele e que funciona os 365 dias do ano e está muito comprometida”, disse. “Claro que não fazer o Carnaval acaba reforçando isso. Não podemos deixar de reconhecer que todo calendário de verão de Salvador está comprometido. Não haverá festa de largo”.

Fonte de Informações e dados: Correio da Bahia