Morre Mark Keds, vocalista do Senseless Things, aos 50 anos

tvprime

(Foto: Reprodução/Instagram)

Mark Keds, vocalista do Senseless Things, morreu aos 50 anos no utimo domingo, 10 de janeiro. O ex-colega de banda, Ben Harding, falou sobre a morte do músico, que não teve a causa confirmada. As informações são da NME.

“É com grande peso nos corações que temos que dizer a vocês que, infelizmente, Mark – nosso cantor, amigo e compositor principal – não está mais conosco”, escreveu Harding em um grupo no Facebook dedicado à banda.

Ele continuou: “Não é nenhum segredo que ele lutou contra o uso de drogas e um estilo de vida bastante caótico por um longo tempo, e sua saúde sofreu substancialmente ao longo dos anos por isso. Embora isso às vezes tenha criado atrito no funcionamento do Senseless Things e de outros projetos, optamos por lembrar o amigo, o irmão e o talento que perdemos hoje.”
“Parece clichê dizer ‘foi cedo demais’, mas é verdade. Ele tinha apenas 50 anos. Não é idade para morrer. Nosso amor e pensamentos vão para seus amigos, sua família, seus entes queridos e aqueles que o amavam”, concluiu.

Senseless Things foi uma banda formada em Londres em 1986, que lançou cinco discos antes de anunciar a separação em 1995. O grupo se reuniu em 2007 para um show único em Londres, o primeiro em mais de 12 anos, e fizeram mais duas apresentações em 2017 – ano em que lançaram o material inédito “Lost Honey”.

Recentemente, Keds trabalhava com a banda Deadcuts, que ele formou em 2012. Anteriormente, era um integrante do The Wildhearts.