Justiça proíbe Nego do Borel de citar ou se aproximar de Duda Reis e família

Tv Fama

(Foto: Reprodução/Instagram)

A Justiça de São Paulo concedeu medida protetiva para Duda Reis e sua família contra Nego do Borel. A determinação partiu da juíza Danielle Galhano Pereira da Silva nesta sexta-feira (15), após o pedido feito pelas advogadas que representam a atriz. As informações são do colunista Leo Dias.

Com a decisão, além de Duda, o cantor não pode se aproximar dos pais da atriz, Simone de Carvalho Reis Barreiros e Luiz Fernando Luz Barreiros e de sua irmã, Amanda Reis Barreiros.

“Ante o exposto, concedo as seguintes medidas protetivas de urgência:

a) proibição de aproximação da ofendida, de seus pais Simone de Carvalho Reis Barreiros e Luiz Fernando Luz Barreiros e irmã, Amanda Reis Barreiros, pela distância mínima de 500 metros;

b) proibição de contato com a ofendida, com seus pais Simone de Carvalho Reis Barreiros e Luiz Fernando Luz Barreiros e irmã, Amanda Reis Barreiros por qualquer meio de comunicação (e-mail, mensagem de texto, telefone, carta, redes sociais e, inclusive, interposta pessoa);

c) proibição de frequentação de locais que a ofendida, seus pais Simone de Carvalho Reis Barreiros e Luiz Fernando Luz Barreiros e irmã, Amanda Reis Barreiros, costumam ir ou estejam (residência, local de estudo, trabalho e/ou lazer), mesmo que tenham chegado anteriormente ao local”, diz o documento

O caso

Nesta semana, a atriz expôs que vivia um relacionamento abusivo e que já sofreu agressão física e verbal do funkeiro. Ela revelou tudo pelo Instagram, mas nesta quinta-feira (14) decidiu formalizar as denúncias.

A influenciadora publicou em suas redes sociais que esteve na Delegacia de Defesa da Mulher em São Paulo acompanhada das advogadas Izabella Borges e Gizelly Bicalho.

“Acabei de sair da delegacia. Vim aqui para falar com vocês e explicar um pouquinho. É um mix de sentimentos que estou sentindo. Queria agradecer muito minhas advogadas, por todo o acolhimento que recebi da Delegacia e obrigada pelo apoio de vocês”, disse a atriz.

Nego do Borel, que na última quarta (13) assumiu a traição e negou as denúncias, também procurou uma delegacia para abrir um boletim de ocorrência por “crimes contra honra” (injúria, calúnia e difamação). O funkeiro expôs prints de conversas com a atriz e negou as acusações feitas pela ex-companheira.