Influencer famosa é morta pelo marido com 17 tiros; filha de 6 anos estava no local

tvprime

(Foto: Reprodução/Instagram)

A morte da influencer digital Eliane Ferreira Siolim, de 34 anos, repercute. No último domingo (24), ela foi morta a tiros pelo marido durante uma festa de família em Nova Itamarati, em Ponta Porã, cidade localizada a 326 quilômetros de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Eliane curtia a festa ao lado da família. A filha de seis anos estava no local. Eliane foi morta pelo marido, Alejandro Antônio Aguilera, de 41 anos. A Polícia Civil investiga o caso para saber exatamente o que aconteceu.

Alejandro deu 17 tiros na esposa. A arma usada por ele foi uma calibre 9 milímetros. Após atirar contra Eliane, o homem tirou a própria vida ainda no local. Os corpos ficaram jogados na varanda de fundos da casa. Uma das causas levantadas para o crime foi a de ciúme. Eliane é influenciadora digital e contava com 57 mil seguidores no Tik Tok, rede social febre do momento. Após a morte, a influencer ganhou mais 3 mil seguidores e passou da marca de 60 mil.

Por lá, Eliane dublava vídeos. A hipótese de que ela teria sido morta por causa disso está praticamente descartada. A delegada Marianne Souza, que conduz as investigações, contou ao G1 que familiares informaram que a vítima tinha o perfil no Tik Tok há alguns meses. O casal estava junto havia 12 anos.

“As testemunhas falaram que isso (de o ciúme por casa da rede social ter levado o marido a matar a esposa) não procede, já que o ciúme do casal era mútuo e eles tinham uma relação um tanto quanto conturbada. Então, não temos nada que ligue este fato diretamente ao crime”, afirmou Marianne.

Mais pessoas devem ser convocadas para prestar depoimento nos próximos dias. A delegada também afirmou que a filha do casal estava no local do crime, mas ainda não é possível afirmar com certeza que ela viu o pai tirar a vida da mãe. A menina prestará depoimento especial. No momento, ela é cuidada pela família materna.

 

(Foto: Reprodução/Instagram)