Polícia apreende R$ 470 mil na casa de Nego do Borel no Rio de Janeiro

Tv Fama

por policia civil 

Uma operação da Polícia Civil de São Paulo apreendeu R$ 470 mil na casa do canto Nego do Borel, no Rio de Janeiro. Agentes fluminenses colaboraram no cumprimento de dois mandatos de busca e apreensão. Além do dinheiro, o passaporte do cantor também ficou retido.

Um videogame, dois celulares, um tablet, três HDs também foram pegos. A investigação espera investigar os objetos para ver se possuem dados que podem ajudar. Uma outra residência de Nego em São Paulo também foi alto dos agentes. O cantor não estava em cara na hora das buscas.

Nego do Borel é investigado por agressão e ameaça de morte. A denúncia foi feita pela sua ex-esposa, Duda Reis. A atriz também diz que o funkeiro ameaçou divulgar imagens íntimas dela.

por policia civil 

 

Duda conseguiu uma medida protetiva que impede o cantor de se aproximar dela e de sua família. Nego é acusado de lesão corporal, estupro de vulnerável, ameaça, injúria e violência doméstica. O caso segue em sigilo.

por policia civil

Duda diz que Nego não obedece ordem 

Duda Reis usou os Stories do Instagram nesta segunda-feira (18) para se pronunciar após o vazamento de um suposto áudio. Em conversa íntima, a atriz faz elogios ao irmão de uma amiga e demonstra interesse no rapaz.

“Confesso que estou vindo aqui muito sem paciência, muito sem saco. Um sujeito aí vazou um áudio meu que há muito tempo ameaçava vazar. Me xingava, inclusive, toda a conversa já está com a polícia, onde ele me xinga e ameaça vazar”, iniciou.

“Tenho uma medida protetiva contra essa pessoa e ela não pode falar de mim, não pode comentar em publicações que eu esteja marcada, que é o que essa pessoa tem feito”, desabafou Duda.

Segundo a atriz, o áudio foi vazado com o intuito de tachá-la como louca e, sem citar o nome de Nego do Borel, Duda o acusa de querer reverter a situação. “Ele quer inverter um caso de agressão física, abuso psicológico, agressão verbal, sexo não consentido. É um absurdo!”, afirmou.

“Eu não traí ninguém. No áudio está claro: eu faria algo quando terminasse. Isso é simples de entender”, explicou a artista. A influenciadora  relatou que, mesmo se tivesse traído, a traição não justifica o que o ex-noivo está fazendo.

Por fim, Duda Reis afirmou que a exposição do áudio apenas comprova suas acusações. “Isso só mostra que ele é um agressor, é um abusador, é tudo que todo mundo esta denunciando e falando. Está tentando reverter a situação e me fazer passar como maluca. Nenhuma mulher merece isso. Ele está falando que eu estou tentando me fazer de santa. Ele não pode citar meu nome. Está ligando para amigas minhas pedindo para voltar, olho o nível da loucura do ser humano”, concluiu.

Duda Reis e Nego do Borel terminaram o noivado no final de 2020 e, desde então, não param de surgir polêmicas sobre a relação do casal. A atriz revelou nas redes sociais que vivia um relacionamento abusivo e denunciou formalmente o funkeiro na Delegacia da Mulher, em São Paulo.

O cantor negou as acusações da antiga companheira e abriu um boletim de ocorrência por crimes contra honra. Nego do Borel também divulgou uma série de conversas particulares com Duda Reis para se proteger das denúncias.