Polícia Civil vai à casa de Nego do Borel e faz busca; computadores e celulares foram apreendidos

tv prime

(Foto: Reprodução/Instagram)

Nego do Borel foi surpreendido na manhã de hoje com a chegada da Polícia Civil em sua casa. Os agentes estavam cumprindo mandados de busca e apreensão contra o cantor. Os policiais reteram o passaporte do funkeiro durante o cumprimento de um dos mandados na residência de Nego no Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro.

Enquanto isso, outros policiais foram à casa do cantor em São Paulo e o encontram lá. Nesse local os agentes apreenderam telefones e também computador, de acordo com o portal G1. Até o momento o funkeiro não comentou nada a respeito dessa operação.

Esses mandados estão relacionados com o boletim de ocorrência feita por Duda Reis, ex do funkeiro, que fez o registro contra ele em São Paulo na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher.

De acordo com Duda Reis, por várias vezes ela foi vítima de ameaças e também de violência do ex-noivo, mas Nego do Borel já negou tudo, inclusive o cantor chegou a prestar queixa contra ela, por calúnia, difamação e injúria.

Há alguns dias a polícia já havia ido até à casa do funkeiro, e nessa ocasião foi apreendido uma réplica de um fuzil que é usada na prática de airsoft. Os agentes estavam investigando uma denúncia de que Nego teria um fuzil em sua residência.

Duda Reis disse à polícia que desde fevereiro de 2018 que vem sendo agredida pelo ex-noivo e que durante o Carnaval chegou a ser ameaçada por ter ido ao Sambódromo no Rio de Janeiro sem que o funkeiro autorizasse.

Nego já confirmou que traiu a ex, mas alegou que tem enfrentando os piores dias de sua vida e completou: “Sim, houve traição, que foi um erro do qual não me orgulho, me arrependo muito e não trouxe em público antes para não expor terceiros“.