Após ser atacado por Bolsonaro, Felipe Neto agradece apoio de Lula

Istoé

(Foto:Reprodução/instagram)

Felipe Neto resolveu se redimir de coisas que fez no passado. Após ter sido intimado pela Polícia Civil para prestar depoimento após chamar Jair Bolsonaro (sem partido) de genocida nas redes sociais, ele usou o Twitter para agradecer Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil.

Assim como muitos famosos deram apoio ao youtuber, Lula também se posicionou contra o ato que fere a liberdade de expressão. No microblog, o político escreveu: “Manifesto minha solidariedade a Felipe Neto. Que a tentativa de intimidação e censura desse desgoverno não o impeça de continuar se manifestando livremente, como é próprio da democracia, independente de sua posição. O silenciamento é uma das armas do fascismo”.

Surpreso com a atitude de Lula, Neto agradeceu e se mostrou arrependido de ter atacado ele antigamente: “Passei mais de cinco anos atacando o Lula. Nunca recebi sequer uma notificação. Nunca tentou me silenciar. Isso diz muito”.