Após gastar cerca de R$ 1 milhão no tratamento de Paulo Gustavo, família pede algo que o dinheiro não compra

tv prime

O ator e comediante Paulo Gustavo, de 42 anos, continua internado no Hospital Copa Star, do Rio de Janeiro, por conta de complicações do novo coronavírus. Hospitalizado desde o dia 13 de março, o artista passa agora pelo tratamento conhecido como ECMO, que usa uma espécie de pulmão artificial para oxigenar o sangue enquanto o pulmão do paciente se recupera do processo infeccioso.

O tratamento por ECMO é muito caro no Brasil e, por conta disso, não é utilizado pelo SUS. A médica Ludhmila Hajjar, que foi cotada para assumir o Ministério da Saúde, declarou recentemente que o custo diário do procedimento gira em torno de R$ 30 mil. Já Fabíola Reipert, colunista da Record, afirmou que a família de Paulo Gustavo está gastando R$ 50 mil diários, incluindo a ECMO e mais os custos da internação do artista, o que somaria mais de R$ 1 milhão desde o início do tratamento.

A família promete não poupar esforços para salvar a vida do humorista e por conta disso Thales Bretas, marido de Paulo foi ao Instagram nessa quarta-feira (07/04) para atualizar a situação do ator e para fazer um pedido especial aos fãs.

O dermatologista explicou que por conta da ECMO, Paulo tem perdido sangue e precisou de uma transfusão. Thales aproveitou a repercussão do caso do seu marido para pedir que os internautas doem sangue para repor as bolsas usadas por ele.