Bailarino e coreógrafo Ismael Ivo morre, aos 66 anos, vítima de Covid-19

Istoé

(Foto: Reprodução/Instagram)

Morreu na noite desta quinta-feira (8), aos 66 anos, o bailarino e coreógrafo Ismael Ivo, vítima de complicações da Covid-19. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. As informações são do G1.

O bailarino foi diretor do Balé da Cidade de São Paulo e da Bienal de Veneza, além de ser o primeiro negro e estrangeiro a dirigir o Teatro Nacional Alemão, em Weimar.

Durante mais de três décadas, atuou em vários países da Europa. No Brasil, integrou o corpo de dançarinos do Teatro de Dança Galpão, em São Paulo, além do grupo experimental de dança do Teatro Municipal, onde ficou por um ano.