‘Doente, insensível e maldoso’, dispara Maitê Proença sobre gestão de Bolsonaro na pandemia

Istoé

foto/divugação

Maitê Proença, de 63 anos, deu uma entrevista para a revista Quem e falou sobre carreira, novos projetos, vida amorosa e a pandemia do novo coronavírus. Na sabatina, a atriz, que sempre se posiciona conta o governo de Jair Bolsonaro (sem partido), aproveitou para criticar a gestão do presidente diante da crise sanitária.

“Fico indignada porque não precisaria ser assim […] com o volante na mão de um homem doente, insensível e maldoso. Não tenho medo da morte, mas sinto horror em ver tanta gente sofrendo com o descaso”, disparou ela sobre o chefe de Estado.

Solteira, Proença disse que se sente sozinha, mas sempre dá um jeito para mudar isso: “Nenhum dos candidatos sabia velejar (risos). Me sinto solitária mas vou dando meu jeito. Busco os ensinamentos dos sábios, tento praticar o que eles ensinam, respiro, me movimento, faço exercícios, ioga, alongamento, me alimento com sensatez”, afirmou.