Laudo toxicológico aponta droga sintética MD e cafeína no sangue de MC Kevin

Istoé

foto/google

O laudo de exame toxicológico feito no corpo do cantor Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, apontou a presença de duas substâncias compatíveis com os padrões de cafeína e metilenodioximetanfetamina, conhecida como MDMA ou MD, no sangue do funkeiro. As informações são do jornal O Globo.

Segundo o documento, assinado pela perita Raquel Cenachi Madaloso, o sangue foi analisado com as técnicas chamadas Cromatografia em Camada Delgada (CCD) e Cromatografia Gasosa com detector de Espectrofotometria de Massas (CG-MS), e apontou a presença das duas substâncias.O documento corrobora os depoimentos prestados por testemunhas na 16ª DP (Barra da Tijuca), no inquérito que apura a morte de MC Kevin, que dizem que o cantor consumiu bebida alcoólica, energético e entorpecentes antes de cair do 5º andar de um hotel na Barra da Tijuca, no último dia 16.