Cantora gospel faz comentários homofóbicos após campanha do Burger King

Istoé

foto/google

Isadora Pompeo aproveitou o Mês do Orgulho LGBTQIA+ para desrespeitar a comunidade. Após uma propaganda do Burger King falando sobre aceitação e respeito em relação a orientação sexual e identidade de gênero, a cantora gospel fez diversas declarações polêmicas com conclusões errôneas sobre a campanha.
“Criança não tem que ser gay, lésbica, trans etc, CRIANÇA NÃO TEM HAVER [sic] COM SEXUALIDADE. Criança tem que brincar! Correr e se sujar!!!!!! Parem de sexualizar nossas crianças”, declarou. Isadora fala sobre crianças porque a propaganda mostra pais explicando para crianças o que é LGBTQIA+.A cantora continuou, debochando das críticas. “Tô nem aí, podem me cancelar. Canceladah”, disse. “Você é cristão e não foi cancelado, você está sendo cristão errado”, completou, considerando a campanha como “o fim dos tempos”.