Artistas Baianos comemoram possível retomada de shows em agosto

BNews

SALVADOR, BA, 25.02.2019: CARNAVAL-BA – O segundo dia de pré-carnaval de Salvador, batizado de Furdunço, teve atrações como Jau, Gerônimo, Àttooxxá, Microtrio, Mambolada e Quabales, neste domingo (24), A festa começou às 15h, no Circuito Orlando Tapajós, com as atrações saindo de Ondina em direção ao Farol da Barra. O Furdunço surgiu em 2014 e estreou em 2015 no pré-carnaval de Salvador atraindo um grande público em busca de reviver a folia tradicional com blocos sem cordas e artistas mais próximos do público. Outra característica do projeto é valorizar as manifestações carnavalescas de chão, sendo assim é proibida a passagem de trios elétricos no percurso e música eletrônica. (Foto: Cleber Sandes/Coofiav/Folhapress)

O anúncio feito pelo prefeito Bruno Reis (DEM) nesta segunda-feira (5), de que Salvador fará no dia 29 de julho o primeiro evento-teste para retomada do setor de entretenimento animou os empresários do ramo. Segundo a prefeitura, o primeiro evento terá público de 500 pessoas – todas elas vacinadas com pelo menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19 – e será realizado no Centro de Convenções de Salvador após 15 meses de pandemia.

Segundo Marcelo Britro, da Salvador Produções, a decisão da prefeitura foi acertada. “Estamos animados porque a gente vê uma luz para o mês de agosto, de ter uma retomada seguindo os protocolos. Eu acho que foi uma decisão acertada, nós estávamos acompanhando o plano de vacinação e agora com a ocupação de leitos mais baixa permite que o governo e a prefeitura pensem e definam a data que os eventos vão voltar. Tá no caminho certo, permite a gente visionar um cronograma de evento de pequeno e médio porte, réveillon, ensaios de verão e até mesmo o carnaval”, disse.

Para Aldinho Benevides, sócio da AMB Business, a realização do evento-teste será de grande importância para a Bahia. “Estávamos todos muito ansiosos por isso. Nós do entretenimento sofremos muito nessa pandemia e uma notícia dessa nos faz acreditar que logo poderemos trabalhar. Realmente a ideia do evento teste é muito boa e se for bem executada, com certeza será de grande importância para a Bahia e para o Brasil. Afinal somos a capital das festas e é daqui que tem que sair o exemplo”, ressaltou.

Quem também comemorou a decisão da prefeitura foi o empresário Wagner Miau. Na opinião dele o prefeito deu a “cara pra bater pelo setor”. “Eu acho que foi uma decisão de coragem do prefeito Bruno Reis, porque é preciso ter essa coragem para enfrentar já que todos os setores retornaram e só os eventos que estava parado. A esperança é desse ano ainda poder de forma limitada retornar as atividades, ascendeu uma luz verde. O prefeito tá dando a cara pra bater pelo setor, a gente tem que voltar e ficar. O prefeito foi coerente e me coloco à disposição para estar lá, poder participar e torcer para que dê tudo certo para que a gente volte com pequenos eventos e o carnaval”.

Retomada

A prefeitura negocia uma parceria com a Fiocruz para realizar um estudo no qual irá monitorar possíveis casos de Covid-19 no público do evento-teste. O passo seguinte seria a realização de um segundo evento-teste com um público maior. Uma das opções em estudo é realização de um mini-Carnaval em uma das três ilhas de Salvador -Bom Jesus, Ilha dos Frades ou Ilha de Maré.

O evento seria restrito apenas para a população da ilha e a prefeitura montaria barreiras para impedir a entrada de pessoas de fora. Ainda não há uma data definida.

O formato seria semelhante ao previsto para setembro no Rio de Janeiro, onde o prefeito Eduardo Paes (PSD) anunciou a realização de uma Carnaval fora de época na ilha de Paquetá, bairro insular a 17 km do continente.

Para viabilizar o evento em Salvador, a prefeitura acelerou ao longo da última semana a imunização da população das ilhas, regiões cujo patamar de imunização já era alto pela presença maciça de quilombolas.

O prefeito Bruno Reis projeta a retomada de eventos do setor de entretenimento em Salvador a partir do mês de agosto.