Denílson e Belo finalmente entram em acordo sobre dívida milionária e detalhes da negociação vêm à tona

tv prime

foto/google

O ex-jogador de futebol e pentacampeão do mundo com a seleção brasileira, Denílson, finalmente irá receber o montante avaliado em aproximadamente R$ 9 milhões devidos pelo cantor Belo, ex-vocalista da banda Soweto, que atualmente mantém uma carreira solo.
Após uma verdadeira batalha judicial, que se arrastou por duas décadas, e ficou conhecida publicamente, após a troca de farpas entre Denílson e Belo em entrevistas a programa de TV, o valor devido pelo pagodeiro finalmente irá para o comentarista do Jogo Aberto, da TV Bandeirantes.
Dinheiro arrecadado na turnê de Belo in Concert estão caindo na conta de Denílson
De acordo com informações de Alessandro Lo Bianco, do portal IG, todo o montante financeiro arrecadado com os shows da nova turnê de Belo estão sendo transferidos automaticamente para a conta de Denílson.
A extensão do pagamento da dívida será destinada ao ex-jogador até 2032, quando a totalidade da dívida será quitada pelo cantor. O acordo terá que ser feito sem interrupções, até o final desse prazo, para que Belo fique de vez livre das restrições judiciais que a dívida gerou.
Dívida de Belo ocorreu após saída do grupo Soweto para carreira solo
Integrante principal e vocalista da banda de pagode, que fez muito sucesso nos anos 90 e 2000, Belo tinha feito um acordo com Denílson na época, que faria shows com a banda, em troca de patrocínio do jogador, que na época, era um dos proprietários e incentivadores da banda em início de carreira.
No entanto, Belo decidiu sair do grupo após o sucesso das músicas e seguir carreira solo, o que gerou a Denílson um direito de indenização, já que havia um acordo entre ele e os membros da banda, sobre a arrecadação de shows.