Cid Moreira se manifesta pela primeira vez após deserdar o filho e dizer que se arrependeu da adoção

tv prime

foto/google

A polêmica relação entre Cid Moreira e o filho adotivo, Roger Felipe Moreira, veio à tona novamente. Na utima terça-feira (13), Roger concedeu uma entrevista exclusiva à Fabíola Reipert e revelou que foi surpreendido ao receber um documento do pai através de e-mail. Na mensagem, Cid afirmava que havia feito uma declaração de próprio punho deserdando o filho.
Ainda no documento que o programa Balanço Geral teve acesso, Cid dizia que a adoção de Roger teria sido um engano e que ele deveria trabalhar para realizar suas próprias conquistas. O filho do locutor, que trabalha como cabeleireiro, revelou que passou a ser rejeitado pelo pai após sair de casa para viver um relacionamento.
Roger é sobrinho biológico da ex-esposa de Cid e foi adotado após passar uma temporada na casa do ex-casal. No documento enviado a Roger, o locutor afirma que chegou a tentar reverter o processo de adoção, o que não é permitido na legislação brasileira.
Através da assessoria de imprensa, Cid Moreira se manifestou pela primeira vez sobre o caso. “O processo que o Roger, filho adotivo do Cid Moreira, move contra o jornalista, corre em segredo de Justiça e por este motivo nós não podemos falar a respeito do andamento. No momento oportuno o Cid falará com vocês bem como com qualquer outro veículo“, disse a nota.
Roger Felipe está processando o pai e afirma não entender o motivo de seu comportamento. Aos 93 anos, Cid Moreira é casado com a jornalista Fátima Sampaio e mora em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. O jornalista ainda possui outro filho biológico com quem também cortou laços.